Grande mídia usa liberdade para manipular.

image O que pode ajudar o Brasil neste momento é uma campanha  na grande mídia (jornais, revistas, TVs em cadeia nacional durante vários dias em vários horários…)  para conscientizar o povo sobre nosso direito à informação, e dar suporte aos trabalhadores da comunicação: POR ESTABILIDADE NO EMPREGO PARA TODOS OS PROFISSIONAIS DA COMUNICAÇÃO DE ÓRGÃOS PÚBLICOS E PRIVADOS;  E DIREITO DE QUE ELEJAM SEUS SUPERIORES DE REDAÇÃO. A mídia só pode ter direito a manipular a área comercial. Só assim o jornalismo, o esporte, programas de auditório, musicais, humorísticos, filmes, novelas e toda a programação será exercida com ética e liberdade pelos profissionais da comunicação. MARCO REGULATÓRIO DA MÍDIA, JÁ!

Anúncios

Descentralização dos meios de produção não interessa à grande mídia

image

image

(Imagens da Internet)

Os acusados da Operação Lavajato estão sendo INVESTIGADOS, serão JULGADOS e pagarão por seus crimes, como não acontecia antes de o PT assumir o governo federal.
A questão é que a grande mídia não reconhece nenhuma evolução no país, porque a ela só interessa o desgaste do PT, para que o partido dela volte ao Executivo em 2018.
O medo dela é LULA DE NOVO e o avanço na construção do socialismo democrático.

A direita não se entrega, e isto seria bom para a democracia se não fossem os golpes baixos.

As manifestações de 15 de março não foram convocadas espontaneamente pelas tais redes sociais.
Na verdade o que há é uma agressiva campanha da mídia golpista, que assumiu a representação da direita,  lavando cérebros e emprenhando a Internet.

Estes canalhas negam ao povo o legítimo direito à informação e  fazem permanentes campanhas para desmoralizar o governo federal e empresas estatais, mas jamais fazem campanha contra a iniciativa privada que os locupleta.

Mais de que pelos corruptos da Petrobras que ESTÃO SENDO INVESTIGADOS, somos roubados pelos juros altíssimos de 420% que estão confessados em minha fatura de cartão de crédito deste mês, e que nada tem a ver com a Selic que agora está em 12% mas no governo FHC foi de 29%.
Somos roubados ainda mais é pelas teles, pelos bancos, pela indústria farmacêutica, mas contra estes a mídia canalha não faz campanha, já que é locupletada por eles.

A investida cada vez maior da mídia contra o PT é porque o PT propõe descentralização dos meios de produção, democratização de oportunidades, o que estimula a criação de pequenas empresas que não locupletam a grande mídia, já que só as mega empresas têm potencial para anunciar nela.

Para atividades que obrigatoriamente demandam grande capital, como as teles, por exemplo, a tendência do PT é pela estatização, o que também diminuiria a publicidade.

Por isto a grande mídia do mundo todo é contra o socialismo, já que nele o povo não vive de ilusão, de mentiras, de ostentação, mas pelo contrário, busca a felicidade na natureza e nas coisas simples, que não dão lucro aos gananciosos e criminosos concentradores de renda que, em escala mundial, tentam o tempo todo ocidentalizar o Islã para, entre outras coisas, abrir novos mercados, justificando assim ações radicais como as do Estado Islâmico.
A radicalização capitalista não dá chance à paz.

Grande mídia cada vez mais reacionária e inescrupulosa

Imagem da Internet.

Imagem da Internet.

Mais do que nunca, pessoas historicamente alienadas, politicamente analfabetas, estão a pleno vapor repetindo como papagaios, a cada dia mais agressiva campanha golpista da grande mídia contra o Governo Federal e o PT, que vêm revolucionando o Brasil desde 2003.

Essa mídia golpista, por meio de seus tentáculos na Internet, é justamente quem mais cria os “posts” compartilhados pelos cérebros lavados.

Sem informações e sem formação para avaliação da conjuntura política e para perceber os motivos econômicos que produzem a manipulação midiática, parte da velha classe média se julga informada pelo acesso que tem principalmente à conservadora TV paga e à beleza das imagens digitais até na TV aberta, se deixando enganar pela canalhice da extrema direita que desde sempre disseminou a pobreza no país.

Assim, sempre com a faca, o queijo e artistas na mão, a mídia golpista produz cada vez mais inocentes úteis que compartilham as mensagens plantadas na Internet pelos lacaios da buguesia internacional.

Parece que o rolo compressor da mídia conservadora não deixa o menor espaço para o surgimento de um espírito crítico que possa questionar: “por que apenas contra o governo federal, as estatais e o PT? Por que não há sequer uma campanha “espontânea” contra os roubos das teles, da indústria farmacêutica, dos cartões de crédito com seus juros de 600%, e  contra outros cartéis dos concentradores de renda que locupletam a mídia prostituída?

SOMENTE ALCANÇAREMOS NOSSO DIREITO DE SERMOS INFORMADOS QUANDO TODOS OS PROFISSIONAIS DE COMUNICAÇÃO TIVEREM ESTABILIDADE NO EMPREGO E DIREITO DE ELEGER SEUS SUPERIORES.

220 anos depois, STF e mídia prostituída invejam a corte que condenou os “Inconfidentes” e enforcou Tiradentes.


Estou triste, solidário aos companheiros Dirceu, Genoíno e Delúbio, e me sinto condenado também.

A condenação e o sarcasmo de ministros como Marco Aurélio Melo, pouco diferem do texto que copiei do link http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20081003173259AA43GD7 e colo abaixo.

Assim como o referido texto abaixo, os ministros e a mídia prostituída que condenam os petistas traduzem o medo que sentem ao pensar que nosso país mudará radicalmente para melhor se muitos brasileiros vierem a compreender o pragmatismo que levará a massa a lutar pelas necessárias transformações, especialmente das leis criadas para manter o povo dependente da classe historicamente dominante.

Eis o texto da condenação do primeiro mártir da independência do Brasil, que um dia foi considerado bandido e em outro passou a ser herói nacional: Qualquer semelhança com as condenações do STF de hoje não é mera coincidência — é repetição da história.

Assinada no Rio de Janeiro, no dia 19 de abril de 1792, esta foi a sentença do Tribunal de Alçada relativa a Tiradentes:

“Portanto condenam o réu Joaquim José da Silva Xavier, por alcunha o Tiradentes, alferes que foi da tropa paga da capitania de Minas, a que com baraço e pregão seja conduzido pelas ruas públicas ao lugar da forca, e nela morra morte natural para sempre, e que depois de morto lhe seja cortada a cabeça e levada a Vila Rica, aonde em o lugar mais público dela será pregada em um poste alto até que o tempo a consuma; o seu corpo será dividido em quatro quartos e pregados em postes pelo caminho de Minas, no sítio da Varginha e de Cebolas, aonde o réu teve as suas infames práticas, e os mais nos sítios de maiores povoações, até que o tempo também os consuma. Declaram ao réu infame, e infames seus filhos e netos, tendo-os, e seus bens aplicam para o fisco e câmara real, e a casa em que vivia em Vila Rica será arrasada e salgada, e que nunca mais no chão se edifique, e não sendo próprias, serão avaliadas e pagas ao seu dono pelos bens confiscados, e no mesmo chão se levantará um padrão pelo qual se conserve em memória a infâmia deste abominável réu.”

A história se repete para que ninguém ouse pensar em um país soberano e independente.